JM planeia abrir mais 575 lojas até 2012


A Jerónimo Martins espera terminar o ano com um aumento de até 20% nas vendas consolidadas, projectando abrir mais 575 lojas nos mercados polaco e doméstico nos próximos três anos, anunciou o grupo de retalho numa apresentação a investidores.
 

De acordo com o documento estratégico preparado para o Investor´s Day, os gastos de investimento (capex) destinados à expansão da rede de distribuição deverão alcançar 1 300 milhões de euros no triénio 2010-2012.

 

Do total da despesa prevista para expandir as vendas a dois dígitos, 70% será investido na Polónia, onde o grupo planeia abrir mais 550 lojas (somando um total de 2000 estabelecimentos da cadeia Biedronka).

 

Em Portugal, a JM espera abrir cerca de 20 unidades da rede pingo doce, e cinco lojas do cash&carry Recheio.

 

Estes objectivos pressupõem ainda uma evolução «estável a positiva» na margem de ebitda, com redução do gearing da dívida.
 

 

In Diário Digital

 

publicado por AEDA às 09:40 link do post | favorito