Economia internacional crescerá 3,2% em 2006, diz BM

O Banco Mundial prevê que a economia global cresça 3,2% no próximo ano, ritmo igual ao esperado para 2005, revela a instituição, nas suas Perspectivas Económicas Globais, divulgadas esta quarta-feira. No ano passado, a economia mundial cresceu 3,8%.


Só para 2007 o Banco Mundial prevê uma ligeira aceleração do ritmo de crescimento, para 3,3%.
Esta redução da taxa de crescimento é atribuída ao aumento dos preços do petróleo, aos constrangimentos de capacidade de produção no sector dos recursos naturais, designadamente no petróleo, e ao endurecimento da política monetária nos EUA, com a subida progressiva das taxas de juro.
A instituição menciona ainda a maturação do ciclo de investimento, em alguns países, após um ano de crescimento acentuado.
O Banco Mundial prevê que as economias em desenvolvimento continuem a crescer acima da média, apesar de antecipar a sua perda de velocidade, que deverá colocar a sua taxa de crescimento em 5,7% em 2006, menos duas décimas que em 2005.
Os países de alto rendimento manterão em 2006 a taxa de 2,5%, com que deverão encerrar 2005.
Dentro desta categoria são os EUA que continuam a desempenhar o papel de locomotiva, ao manterem o ritmo de crescimento de 3,5%, uma vez que a zona euro, apesar de melhorar face aos 1,1 % em 2005, só deverá crescer 1,4%, enquanto o Japão deverá baixar mesmo a sua taxa, de 2,3 % para 1,8%.
Diário Digital/ Lusa
16-11-2005
publicado por AEDA às 00:35 link do post | favorito