O Estado pagou de forma indevida mais de 69,6 milhões de euros ao Hospital Amadora Sintra.


SIC/18-11-2005

Arquivo SIC
amadorasintra.jpg

69,6 milhões a mais

Estado terá pago verba excessiva ao Hospital Amadora-Sintra

O Estado pagou de forma indevida mais de 69,6 milhões de euros ao Hospital Amadora Sintra. A conclusão é do Tribunal de Contas e foi publicada na edição de hoje do Diário de Notícias.

Segundo uma auditoria do Tribunal, entre 1996 e 2001 a Administração Regional de Saúde de Lisboa não acompanhou de forma correcta a execução do contrato de gestão celebrado entre o Estado e o Hospital.

A auditoria do Tribunal, a segunda sobre este assunto, considera por isso que existe uma responsabilidade dos sucessivos gestores dos serviços regionais da Saúde, que lesaram o Estado português em milhões de euros. A gestão do Hospital Amadora Sintra é privada e está a cargo do Grupo Mello.
publicado por AEDA às 11:19 link do post | favorito