Leiria: Autarquia cria escola fixa de trânsito

A formação de condutores para uma maior consciência cívica é o objectivo da Câmara Municipal de Leiria com a criação de uma escola fixa de trânsito, que vai entrar em funcionamento no próximo ano lectivo, na freguesia de Ortigosa.

Fernando Carvalho, vereador das Obras Municipais e do Trânsito da Câmara de Leiria, disse à Agência Lusa que o projecto é dirigido às crianças dos 1º e 2º Ciclos das escolas da região, pois é nesta idade que as crianças apreendem as regras com mais facilidade.

«À semelhança do que sucede com a separação dos resíduos domésticos, em que temos a prova de que as crianças de tenra idade começam a ter consciência cívica, o mesmo se pretende na área da segurança rodoviária», acrescentou Fernando Carvalho.

Na reciclagem, os «filhos ensinaram os pais», que já têm «essa sensibilidade», sublinhou o vereador.

Com a pista de trânsito, a autarquia pretende também que as crianças possam alertar os pais para uma condução mais cívica.
 

«Por muito boas condições que existam nas nossas estradas ou por muito bons que sejam os veículos, se não houver uma consciência cívica dos condutores, continuaremos a ter uma sinistralidade elevada. Temos de preparar os futuros condutores e peões», frisou Fernando Carvalho à Agência Lusa.

 

A Câmara de Leiria, responsável pelo projecto que orçou em cerca de 300 mil euros, pretende integrar esta acção no plano curricular dos alunos na área de educação cívica.

A escola fixa de trânsito está dotada de um circuito construído de raiz que espelha o que se encontra nas estradas. «Pretende-se que seja a simulação do convívio do automóvel com o peão e com as crianças nas suas diversas formas», referiu Fernando Carvalho.

No local existe sinalização horizontal e vertical, semáforos, rotundas e passadeiras. Num edifício de apoio pedagógico decorrerão as aulas teóricas.
 

 

In Diário Digital

publicado por AEDA às 11:08 link do post | favorito