Quarta-feira, 21.10.09

Fiat obtém lucros no terceiro trimestre


O grupo italiano Fiat SpA alcançou um resultado líquido de 25 milhões de euros no terceiro trimestre, invertendo a tendência de prejuízos contabilizados nos dois trimestres anteriores.
 

O resultado líquido reportado esta quarta-feira compara com um lucro de 468 milhões em igual período de 2008. Por seu lado, o resultado corrente desceu 61,5%, para os 308 milhões, enquanto o volume de negócios decresceu 15,9%, para os 12 mil M€.

 

A divisão automóvel (Fiat Group Automobiles) registou uma quebra de 1,4% nas receitas, para 6,5 mil milhões de euros, com um total de quase 539 mil veículos entregues (turismos e ligeiros comerciais)), mais 4,3% face a igual trimestre de 2008.

 

No acumulado dos primeiros nove meses do ano, o resultado do grupo Fiat correspondeu a um prejuízo de 565 milhões de euros, um balanço que compara com lucros de 1 541 M€.

 

Por seu lado, o volume de negócios desceu 21,4%, face ao período Janeiro a Junho de 2008, para se cifrar nos 36,5 mil milhões de euros.
 

 

In Diario Digital

publicado por AEDA às 14:59 link do post | favorito
Terça-feira, 20.10.09

Vacinas chegam hoje a Portugal

Devem chegar hoje a Portugal as primeiras 49 mil doses de vacinas contra a gripe A. O Estado é responsável por ir buscar a vacina às fábricas produtoras da GlaxoSmithKline (GSK), na Alemanha e na Bélgica, e transportar o produto até Portugal, revelou ao DN fonte da empresa britânica.

 

As vacinas serão então sujeitas a uma verificação técnica por especialistas indicados pela Direcção-Geral de Saúde (DGS) e guardadas num armazém militar. Depois, serão distribuídas pelas várias Administrações Regionais de Saúde (ARS) e entidades que vão administrar a primeira dose aos utentes. A região do Algarve, por exemplo, vai receber cerca de duas mil vacinas nesta fase, revelou o presidente daquela ARS, Rui Lourenço, ao Observatório do Algarve, confirmando que as primeiras vacinas chegam hoje ao País. O Ministério da Saúde, por seu lado, diz que as vacinas chegam esta semana, mas não confirma a data exacta.

 

A vacinação começa na próxima segunda-feira, para profissionais de saúde e grávidas com doenças graves. Cada pessoa recebe uma dose da vacina (com o antigénio e o adjuvante), que será preparada no momento pelo técnico de saúde. A segunda dose é administrada pelo menos três semanas depois da primeira.

 

O Ministério da Saúde não vai convocar ninguém para receber a vacina, por isso os portugueses que pertencem aos grupos de risco devem telefonar para a Linha Saúde 24 ou perguntar ao médico assistente se têm indicação para ser imunizados e quando. As novas vacinas serão administradas apenas em unidades do Serviço Nacional de Saúde.

 

In DN

publicado por AEDA às 09:57 link do post | favorito
Segunda-feira, 19.10.09

Leite: Bruxelas vai desbloquear 280 M€ de ajudas ao sector

A comissária europeia para a Agricultura, Mariann Fischer Boel, anunciou hoje de manhã que vai desbloquear uma ajuda de 280 milhões de euros (M€) a favor do sector do leite, que está em crise.
 

 

O anúncio da comissária europeia foi feito pouco antes do início de uma reunião dos ministros europeus da Agricultura, no Luxemburgo, na qual serão apresentadas as reivindicações dos 21, liderados pela Alemanha e pela França.

 

In Diário Digital / Lusa

publicado por AEDA às 09:40 link do post | favorito
Sexta-feira, 16.10.09

Escola de Acordeão da Folgarosa representada em Santiago da Guarda

 
João Castro recebe primeiro prémio

A Escola de Acordeão da Folgarosa (Maxial), existe há sete anos e pelo segundo ano consecutivo um dos seus alunos recebe um primeiro prémio num festival de acordeão. João de Castro Jorge, de 15 anos, foi o vencedor do nível três, para músicos mais evoluídos, ao passo que Lara Apolinário classificou-se em segundo na categoria de iniciados. Joana Costa, do Sobral de Monte Agraço, ficou em terceiro também no grupo de iniciados.

O XIII Festival de Acordeão de Santiago da Guarda, organizado pelo Centro de Amizade e Animação Social da localidade, decorreu em Março e os dois jovens torrienses estiveram ao seu melhor nível.

A concurso estavam 14 acordeonistas divididos por duas categorias. De referir que João Jorge, do Maxial, repetiu a vitória do ano passado na mesma iniciativa. Segundo a organização o festival cumpriu e provou mais uma vez que já ganhou um espaço próprio no panorama cultural daquele concelho, que tem como principal objectivo a divulgação da música tradicional. Num espaço repleto de pessoas os jovens maravilharam os presentes com a destreza dos seus dedos e o jeito para a música. Eugénia Lima, uma das maiores acordeonistas portuguesas, honrou o espectáculo com a sua presença e foi motivo de grande ovação.

O festival, que contou com a presença de concorrentes de vários concelhos como Torres Vedras, Sertã, Sobral de Monte Agraço, Castanheira de Pêra, Penacova, Coimbra, Pombal, Albufeira e Pedrógão Grande, e idades compreendidas entre os seis e os 18 anos, teve apoios da Câmara Municipal de Ansião, Caixa de Crédito Agrícola das Serras de Ansião, ETP Sicó e Junta da Freguesia de Santiago da Guarda.
 
 
In Sapo Notícias - Local

publicado por AEDA às 09:38 link do post | favorito
Quinta-feira, 15.10.09

Salvador Caetano vai fabricar autocarros eléctricos em Gaia


A CaetanoBus, empresa detida pela Salvador Caetano e pelo grupo Daimler Chrysler, vai produzir um autocarro eléctrico na sua fábrica de Gaia aproveitando o lançamento da rede de postos de abastecimento eléctrico, revela o Diário Económico com basse em informação do presidente da empresa, José Ramos.
 

 

O desenvolvimento do novo veículo pesado vai implicar um investimento de quatro milhões de euros, explicou o responsável que é também vice-presidente da Toyota Caetano, a joint-venture entre o grupo nortenho e a fabricante japonesa Toyota. Além da CaetanoBus, também a Efacec e a ANA Aeroportos participam neste projecto pioneiro a nível mundial.

 

Segundo adiantou José Ramos, a CaetanoBus prevê que em 2011 possa iniciar a produção do novo autocarro, que se destina aos transportes públicos urbanos mas também para a utilização em aeroportos.

 

In Diário Digital

publicado por AEDA às 11:23 link do post | favorito
Quarta-feira, 14.10.09

Transportes: Preços das portagens deverão manter-se iguais no próximo ano

Os preços das portagens, que são actualizados no início de cada ano com base no índice de preços do consumidor, não deverão aumentar em 2010 se a inflação média anual se mantiver negativa.

Em Portugal, estas tarifas são actualizadas pelo índice de preços do consumidor homólogo, sem habitação, verificado no último mês para o qual haja dados disponíveis antes de 15 de Novembro e consoante os contratos de concessão das operadoras.

Estes contratos definem que a actualização das taxas de portagem é proposta pelas concessionárias, mas como, a manter-se o cenário de inflação actual (-1,6 por cento), a aplicação da fórmula faria com que os preços descessem, o mais provável, de acordo com as informações recolhidas pela agência Lusa junto de fontes do sector, é que as portagens se mantenham iguais em 2010.

 

In LUSA

publicado por AEDA às 11:13 link do post | favorito
Terça-feira, 13.10.09

Casais podem ser tributados em separado

Estudo sugere tributação autónoma, redução do número de escalões do IRS e a extinção da antiga sisa

 

A tributação em separado dos agregados familiares é uma das propostas que constam de um dos estudos sobre competitividade e justiça do sistema fiscal, que hoje, terça-feira, são apresentados. Também se prevê a redução dos escalões.

Consolidar o actual modelo de tributação do rendimento sobre as pessoas singulares (IRS), mas simplificando-o. É esta a orientação geral do relatório sobre impostos que hoje é apresentado no Ministério das Finanças. Ao que o JN apurou, uma das linhas de orientação propostas passa pela possibilidade de os agregados familiares poderem apresentar a declaração de IRS em separado, mesmo que sejam casados.

No sistema actual somente os casais que vivem em união de facto podem optar pela tributação conjunta ou separada. Mas este estudo aponta para que esta seja uma possibilidade para todos os agregados familiares. Uma solução que é seguida em vários sistemas fiscais europeus e que, a concretizar-se, poderá resultar em vantagens para alguns casais ao nível do reembolso do imposto.

Outra das propostas passa pela redução do número de escalões de IRS. Actualmente, existem sete escalões de rendimentos colectável aos quais são aplicadas diferentes taxas de imposto. O último escalão é o que compreende rendimentos acima de 64110 euros e ao qual corresponde uma taxa de 42%. Mais uma vez, o objectivo é o de simplificar o sistema. E no mesmo sentido vai também a proposta de redução das quatro taxas liberatórias para apenas uma.

Este estudo sobre a reforma dos impostos sobre o rendimento integra um conjunto de estudos sobre política fiscal, competitividade, eficiência e justiça do sistema fiscal, cujo relatório técnico hoje é apresentado. Recorde-se que, em Janeiro deste ano, o Ministério das Finanças criou vários grupos de trabalho - sob a coordenação geral de António Carlos Santos e António Manuel Martins - para que estudassem soluções técnicas que possam definir a política fiscal portuguesa nos próximos anos.

Além daqueles impostos, foram delineadas propostas para os impostos indirectos e tributação do património. Tal como o JN noticiou em primeira mão, no estudo sobre a tributação do património sugere-se, nomeadamente, a extinção do IMT (ex-sisa), após a primeira transacção do imóvel. A perda desta receita seria compensada com o IMI (ex-contribuição autárquica).

 

IN JN

publicado por AEDA às 09:44 link do post | favorito
Segunda-feira, 12.10.09

Ensino Superior: Privados perderam 23% dos alunos em dez anos

 

O número de alunos matriculados no ensino superior privado caiu 23 por cento nos últimos dez anos, mas a descida é apenas ao nível do sistema universitário, que entre 1998/99 e 2008/09 perdeu mais de 28 mil estudantes.

 

O ensino superior privado tinha 117 933 alunos em 1998/99, mas volvidos dez anos são apenas 90 564 os estudantes que frequentam este tipo de instituição (menos 23,2 por cento), segundo dados do Ministério do Ensino Superior.

 

Desagregando os números, verifica-se que apenas as universidades contribuíram para aquela descida, passando de 89 361 para 60 755 o número de alunos inscritos, ou seja, menos 28 606 (menos 32 por cento).

 

In Lusa

publicado por AEDA às 09:53 link do post | favorito
Sexta-feira, 09.10.09

Tecnologia vai criar 7500 novos empregos em Portugal


O mercado das Tecnologias de Informação (TI) deverá criar em Portugal 7.500 novos empregos tecnológicos e 400 novas empresas nos próximos quatro anos, prevê um estudo da consultora International Data Corporation (IDC), a que a Lusa teve acesso.

Só o universo da Microsoft, que inclui cerca de 4000 empresas locais, «vai investir 526 milhões até 2013 no país e gerar 1,6 mil milhões de euros em receitas próprias», acrescenta o estudo, que mede as contribuições da indústria das TI para as economias locais nos 52 países onde a Microsoft opera, entre os quais Portugal.

O estudo avança que, por cada euro gerado pela Microsoft em 2009, as empresas locais neste âmbito vão gerar 10,53 euros.

O ecossistema da Microsoft integra empresas locais que desenvolvem e/ou comercializam produtos que são executados em conjunto com ou em software da Microsoft, ou que prestam serviços e distribuem software da Microsoft. As empresas locais empregam 9.000 pessoas e as organizações utilizadoras das TI 35.000 profissionais de tecnologia, o que em conjunto corresponde a 45 por cento do emprego total nas TI em 2009.
 

Quanto à evolução do emprego tecnológico, o estudo frisa que representa um «crescimento médio positivo de 1,5 por cento positivo ao ano até 2013», enquanto o «emprego total irá previsivelmente contrair e evoluir negativamente nestes próximos quatro anos».

Já as novas empresas corresponderão na maior parte «a pequenas organizações de capital local», sendo os empregos «altamente qualificados e especializados».

No que diz respeito à despesa em TI, o estudo calcula que «irá chegar aos 3,8 mil milhões de euros em 2009» e prevê «um crescimento de 2,8 por cento ao ano», uma tendência que «crescerá ao inverso do PIB» que deverá contrair-se -0,2 por cento ao ano.

Também as actividades relacionadas com as TI vão gerar 1,5 mil milhões de euros em impostos em 2009, num total de 320 milhões de euros líquidos agregados só de novos impostos.
 

O novo paradigma da nuvem computacional ('Cloud Computing'), que agrega serviços baseados na Web com formas mais tradicionais de gestão da informação e representa actualmente um por cento dos gastos com tecnologia em Portugal, «vai triplicar anualmente até 2013 num potencial de mais de 2,4 mil milhões de euros em contribuição de negócio novo para a economia nacional», antecipa ainda o estudo.

Segundo a directora-geral da Microsoft, Claudia Goya, «uma conclusão essencial deste estudo é que na retoma económica - que já se começa a fazer sentir - as tecnologias inovadoras desempenham um papel vital na promoção de ganhos de produtividade e no incentivo à criação de empresas locais e de empregos altamente especializados».

«Os países que promovam a inovação e o investimento no desenvolvimento de infra-estruturas, educação e competências dos seus cidadãos terão uma maior vantagem competitiva no mercado global», sublinha.
 

In Diário Digital / Lusa

publicado por AEDA às 09:37 link do post | favorito
Quinta-feira, 08.10.09

Juros: BCE anuncia hoje decisão sobre taxa de juro

O Banco Central Europeu (BCE) decide hoje, em Veneza, o valor da taxa de juro de referência, que actualmente é de um por cento.

A decisão será tomada numa reunião do conselho do Banco Central Europeu, em Itália, e será anunciada pelo presidente da instituição, Jean-Claude Trichet, em conferência de imprensa.

O Banco Central Europeu iniciou uma série de reduções da sua taxa de juro de referência, que culminou na decisão de a fixar no mínimo histórico de um por cento, em Maio deste ano.

 

In Lusa

publicado por AEDA às 09:48 link do post | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
17
18
24
25
31

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro