Quinta-feira, 17.05.07

Nova lei reduz pensão média de 2030 em 20%

Estudo do Banco de Portugal
------

------ 

A reforma dos sistemas geral e público de Segurança Social feita pelo Governo durante o ano passado vai reduzir em cerca de 20 por cento o valor médio das pensões recebidas pelos portugueses dentro de 23 anos, no ano de 2030.
De acordo com um estudo sobre a sustentabilidade do sistema de Segurança Social publicado ontem pelo Banco de Portugal na sua página de Internet, se a reforma não tivesse sido posta em prática, a pensão média de velhice situar-se-ia, em 2030, num valor equivalente a 144% do salário mínimo nacional (em 2005 esse valor situou-se nos 118,8%), noticia o «Público».

 

No entanto, com a nova lei, o cenário é completamente diferente, seja qual for a reacção dos beneficiários do sistema à aplicação do factor de sustentabilidade (que dá a opção de, perante o aumento da esperança de vida, trabalhar mais para receber uma pensão mais alta, ou ficar sujeito a uma penalização financeira).

Assim, num cenário em que todos decidiam trabalhar mais, a pensão média ficará ainda assim a valer apenas 119,2% do SMN. Se a opção for pela penalização financeira, a pensão média ficará pelos 110,1 por cento. Estes valores representam, face ao montante que seria distribuído, caso não tivessem sido aplicadas quaisquer medidas, uma redução de 17,2 e 23,5%, respectivamente.

Esta redução das pensões face a um cenário sem realização das alterações à lei, começa a fazer-se sentir logo a partir de 2010 e vai acentuando o seu impacto ao longo dos anos. Em 2010, o corte no valor médio das pensões está situado entre três e 3,1%, enquanto, em 2080, a redução é de 27,9 a 41%. Estas contas foram feitas em conjunto para os beneficiários do sistema geral da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações (CGA).

------

in: Agência Financeira, 17maio07

publicado por AEDA às 10:27 link do post | favorito
Quarta-feira, 16.05.07

II FESTIVAL DE GASTRONOMIA -dicas

Estamos já a caminho dos últimos quinze dias que medeiam a realização da II Feira de Gastronomia do concelho de Ansião.

É altura para começar a combinar onde ir, em que dia, e o que comer!!!

Para já sabemos que existem 7 restaurantes que oferecem ementas tradicionais, ao almoço e ao jantar, com preços que variam entre os 7 e os 15 euros!

Para já agendar, depois confirmar as presenças, e marcar préviamente para nada falhar!

Vai ser um fim de semana fantástico!

Em breve disponibilizaremos as ementas, vá seguindo connosco!!!

AEDA - tel.236678052

publicado por AEDA às 12:57 link do post | favorito
Segunda-feira, 14.05.07

II EDIÇÃO DO FESTIVAL DE GASTRONOMIA EM ANSIÃO

Vai decorrer de 1 a 3 de Junho o II FESTIVAL DE GASTRONOMIA DO CONCELHO DE ANSIÃO, com realização nas instalações dos próprios restaurantes, apresendo-se ementas tradicionais.

 

Em termos de animação diária, estarão presentes artesãos a trabalhar ao vivo, podendo ser adquiridos produtos no próprio local.

 

Para quem desejar adquirir produtos endógenos, como o queijo rabaçal ou o mel, o Posto de Turismo estará aberto para satisfazer os pedidos dos visitantes.

 

Todos os dias à noite, existirá animação na feira do livro, existindo, assim óptimos motivos para visitar Ansião nestres três dias.

publicado por AEDA às 13:05 link do post | favorito
Domingo, 13.05.07

Nova lei prejudica trabalho temporário

Marcelino Pena Costa

Marcelino Pena Costa, presidente da APESPE – Associação Portuguesa de Empresas do Sector Privado de Emprego, falou ao 'CM' sobre a nova lei do trabalho temporário.

---

Notícia no Correio da Manhã, 13maio07

--------

Correio da Manhã – A APESPE diz que a nova lei do trabalho temporário prejudica o sector. Porquê?

Marcelino Pena Costa – Sendo limitativa na duração dos contratos, em situações que não se resolvem em dois anos, como doença prolongada, licença sem vencimento, etc., a empresa utilizadora passará a contratar directamente a termo. A solução de recurso do trabalho temporário está-lhe vedada, pois se a ela recorrer e se ao fim de dois anos a situação não estiver resolvida, terá de contratar sem termo uma pessoa para o posto de trabalho. De um modo inacreditável, assim, legalmente, fica o posto de trabalho a ser de dois trabalhadores com contrato sem termo. É um novo método de criar emprego? Um absurdo! Uma discriminação negativa das empresas de trabalho temporário, sem que os trabalhadores retirem qualquer benefício desta circunstância, que será também altamente penalizadora para as pequenas e médias empresas, que são mais de 75 por cento do tecido empresarial.


– Quantas empresas de trabalho temporário existem em Portugal?

– Cerca de 270 empresas com alvará. O problema da concorrência desleal continua. Sabemos que a IGT anda no terreno, que tem visitado o sector, mas a sua acção não deixou marcas, pois quando isso acontece, o mercado auto-regula-se. Mais: a falta de informação das entidades competentes (IGT, IEFP) faz com que as empresas incumpridoras continuem em impunidade. Na nova lei, continua o IEFP a ser a entidade que tutela esta actividade, em vez de ser estimulada a ser parceira do sector privado de emprego. Não é estranho que se formem novas empresas, tipo empresa 2, quando a empresa deixou a actividade ou lhe foi caçado o alvará?

publicado por AEDA às 19:28 link do post | favorito
Quinta-feira, 03.05.07

Fisco: Director em gestão corrente

Macedo fica mais três meses

--------------------------------------------

O director-geral dos Impostos, Paulo Moita de Macedo, reuniu ontem ao fim da tarde com todos os subdirectores gerais para lhes comunicar que fica em gestão corrente à frente da DGCI por mais três meses.

Segundo apurou o CM o estatuto do pessoal dirigente permite que, em caso de não renovação da comissão, o nomeado permaneça no seu lugar por um prazo máximo de três meses. Este prazo é imperativo e não pode ser revogado por despacho do Ministro das Finanças, o que inviabiliza a tese de que Paulo de Macedo ficaria na DGCI até ao fim do ano em virtude de Portugal assumir a presidência da União Europeia.

Mesmo ficando em gestão corrente (o que o inibe de tomar decisões de fundo e de longo prazo), existem responsáveis do Fisco que defendem que o espírito que subjaz ao Estatuto do Pessoal Dirigente não é a continuação do nomeado, mas sim a sua substituição pelo número dois em termos hierárquicos. Tendo acolhimento aquela tese, seria o subdirector geral João Durão que assumiria, em gestão corrente, os destinos da DGCI nos próximos três meses até ser nomeado um novo director.

Entretanto, o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, mantém o silêncio sobre quem será o próximo director geral dos impostos. Presente, ontem, na cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) Teixeira dos Santos escusou-se a qualquer comentário sobre o assunto, nem para adiantar se Macedo fica ou sai, remetendo a questão para “momento oportuno.”

PERFIL

Paulo José Ribeiro Moita de Macedo, nascido em Lisboa a 14 de Julho de 1963, licenciou-se em Organização e Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa com a classificação final de 15 valores. Requisitado por Manuela Ferreira Leite à seguradora Médis, veio ganhar cerca de 24 mil euros como director da DGCI.

Miguel A.Ganhão

 

in: Correio da Manhã, 3 maio07
» Artigos Relacionados
02-05-2007 - 00:20:00 Macedo mantém tabu no Fisco
29-04-2007 - 00:00:00 Paulo Macedo prepara regresso ao BCP
publicado por AEDA às 08:24 link do post | favorito
Quarta-feira, 02.05.07

Mais de 250 mil adultos aderiram ao Novas Oportunidades

Ensino
..........
Mais de 250 mil adultos aderiram ao Programa Novas Oportunidades, o equivalente a cerca de 7,5 por cento da população activa, a maioria para concluir o ensino básico.
--

    O Programa Novas Oportunidades, apresentado a 21 de Setembro de 2005, tem como objectivo mobilizar os jovens e os adultos para a possibilidade de aumentarem as suas qualificações ao nível do 12º ano de escolaridade.

    De acordo com os dados apresentados hoje, em Lisboa, pelos ministros do Trabalho e Segurança Social e da Educação, 250.774 adultos aderiram ao Novas Oportunidades, 176.176 para concluírem a sua formação ao nível do ensino básico e 74.598 para terminarem a sua formação ao nível do ensino secundário.

    Do total dos adultos inscritos neste programa, 91.840 fizeram a sua inscrição durante o primeiro trimestre de 2007, a maioria dos quais para concluir a sua formação ao nível básico (50.651), o que corresponde ao cerca de 40 por cento do total de inscritos no Novas Oportunidades.

    O programa é procurado maioritariamente por mulheres (57 por cento para a conclusão do ensino básico e 55 por cento para conclusão do ensino secundário) e por empregados (62 por cento para conclusão do básico e 75 por cento para conclusão do secundário).

.......

Lusa / SOL, 2mai07

publicado por AEDA às 15:32 link do post | favorito

AEDA promove viagem a Marvão

fotos:A.Simões

..........

A viagem

Valência de Alcântara

Castelo de Marvão

Restaurante "O sobreiro"

----------

No dia 1, dia do Trabalhador, a AEDA organizou viagem, com o objectivo principal - Visita ao Castelo de Marvão.

A viagem iniciou-se às 7.30 em Ansião, Pontão, com passagem por Castelo de Vide, visita a Valência de Alcântara, Espanha e depois Castelo de Marvão.

........

 

Em Valência de Alcântara

.......

Para a maioria dos excursionistas, de Ansião, Pontão e Chão de Couce, foi uma visita a um Património Histórico dos mais importantes do nosso País, mas que desconheciam.

.......

 Castelo de Marvão

Na cisterna registámos um pouco do eco (voz ASimões)

.......

 

O almoço foi no restaurante O Sobreiro, completado com uma tarde  bastante divertida.

 No restaurante O Sobreiro

 

 Durante a tarde desenferrujaram-se as pernas e muitos colocaram asas nos pés, outros...chumbo...

 .............

 

O regresso deu-se pelas 21 horas.

O tempo durante o dia esteve óptimo. A viagem de regresso foi feita sob chuva intensa. Felizmente tudo correu bem.

.........

 >foto do grupo no restaurante O Sobreiro

.........

Ficam as imagens para mais tarde recordar.

 

-----

OBS: Em breve ficarão disponíveis outras fotos da viagem. Passe por cá para ver.

publicado por AEDA às 10:13 link do post | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
19
20
23
25
26
28

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro