Fusões entre fundos de investimento aumentam

 


         As sociedades que gerem fundos em Portugal já fundiram este ano tantos fundos como em 2008 e três vezes mais do que em 2007, refere o Jornal de Negócios esta terça-feira.

Com a crise a provocar uma fuga dos investidores e uma queda nas comissões, as gestoras têm reduzido o número de produtos da mesma categoria ou de classes semelhantes, de modo a cortar custos e a aumentar a sua rentabilidade.

De acordo com os dados da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), até ao final de Julho ocorreram 13 fusões de fundos, o que compara com cinco fundos incorporados no mesmo período do ano passado e apenas dois em 2007.

 

       O BBVA e O BES foram os bancos que mais fundos juntaram, refere o diário.

 

 

 

In Diario Digital

publicado por AEDA às 09:36 link do post | favorito